Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

MUITO PRAZER 3o. capitulo

Até onde pode chegar minhas lembranças   me atirava de supetão, aconchegava   entre seus braços disputando com   a irmã mais   nova   todos   os carinhos. Caia aos prantos quando o via engravatado   de saída para o trabalho. Pegava   qualquer coisa a minha pela frente   corria - lhe das mãos   na   tentativa de o tempo conivente com meus anseios permitisse descobrir o misterioso escritório. Não sabia onde, nem como. Somente   que a noite muitas vezes   batia à porta, antes que seus passos fossem ouvidos cruzando o corredor. Não raro um chiado tomava conta do meu peito   perdendo   horas e dias de diversão. Se não eram de chuva ou nublados, as compressas quentes eram substituídas por brincadeiras como   aquelas cócegas de matar qualquer um   de tantos risos. Eram os instantes em que o mundo borrifava   ternura caminhando de mãos dadas com a felicidade.   Eu era feliz.   Erámos felizes.   Velozes como raios as estações dançavam em redor do sol   derramando um colorido de miosótis, gerâ

MUITO PRAZER 3o. capitulo

Até onde pode chegar minhas lembranças   me atirava de supetão, aconchegava   entre seus braços disputando com   a irmã mais   nova   todos   os carinhos. Caia aos prantos quando o via engravatado   de saída para o trabalho. Pegava   qualquer coisa a minha pela frente   corria - lhe das mãos   na   tentativa de o tempo conivente com meus anseios permitisse descobrir o misterioso escritório. Não sabia onde, nem como. Somente   que a noite muitas vezes   batia à porta, antes que seus passos fossem ouvidos cruzando o corredor. Não raro um chiado tomava conta do meu peito   perdendo   horas e dias de diversão. Se não eram de chuva ou nublados, as compressas quentes eram substituídas por brincadeiras como   aquelas cócegas de matar qualquer um   de tantos risos. Eram os instantes em que o mundo borrifava   ternura caminhando de mãos dadas com a felicidade.   Eu era feliz.   Erámos felizes.   Velozes como raios as estações dançavam em redor do sol   derramando um colorido de miosótis,

Edu, Cari e Marilia

 

Edu, Cari e Marilia

 

Carioca em uma folha

Carioca da gema, Da gema de ovo, Do ovo com linguiça, Da linguiça sem trema, Que vende o almoço, Com muito alvoroço, Na fila do trem, Que não sabe se vem. Carioca pacato, Que banca o pato, Que vive sorrindo, Sem dente nenhum, Que vida caolha, É ser carioca em uma folha. Jornal Folha Carioca Agosto de 2012 - Ano11 – Nº 100

Carioca em uma folha

Carioca da gema, Da gema de ovo, Do ovo com linguiça, Da linguiça sem trema, Que vende o almoço, Com muito alvoroço, Na fila do trem, Que não sabe se vem. Carioca pacato, Que banca o pato, Que vive sorrindo, Sem dente nenhum, Que vida caolha, É ser carioca em uma folha. Jornal Folha Carioca Agosto de 2012 - Ano11 – Nº 100

Coordenadora da redes das redes em defesa da humanidade ganha Premio Nacional de Cultura

Queridos amigos y amigas, Reciban un fraternal abrazo en la ocasión de compartir con ustedes el honor y la alegría de haber sido galardonada con el Premio Nacional de Cultura, en el área de Humanidades. Premio bianual que otorga el Estado venezolano a quienes con sus aportes y trayectoria de vida han contribuido a enriquecer el patrimonio cultural de la nación. Puesto que ustedes me han acompañado a lo largo de esa trayectoria recibo este premio en nombre de todos y todas, y lo tomo como reconocimiento colectivo. Con todo mi afecto, Carmen Bohórquez

Coordenadora da redes das redes em defesa da humanidade ganha Premio Nacional de Cultura

Queridos amigos y amigas, Reciban un fraternal abrazo en la ocasión de compartir con ustedes el honor y la alegría de haber sido galardonada con el Premio Nacional de Cultura, en el área de Humanidades. Premio bianual que otorga el Estado venezolano a quienes con sus aportes y trayectoria de vida han contribuido a enriquecer el patrimonio cultural de la nación. Puesto que ustedes me han acompañado a lo largo de esa trayectoria recibo este premio en nombre de todos y todas, y lo tomo como reconocimiento colectivo. Con todo mi afecto, Carmen Bohórquez