Skip to main content

Posts

Showing posts from December 15, 2013

Entre dezembros e dezembros II Marcello 2013

-Mãe vem ver amedia luna. Está linda, crescendo, crescendo. -Onde? Marcello. -Aqui no vasinho. -Olho curiosa um brotinho que cresce, investigo, remexo mas não consigo atinar que plantinha é essa que vai ganhando vida. Assim esbanjando coisas novas, falante, criativo, cheio de ideias e muita simpatiafoi vencendo cada etapa. Aprendeu de tudo, da física a Stanilavisk passando pela filosofia a um dos mais brilhantes na área de informática do pais. Cresceu fazendo da vida um eterno poema. Ama a vida, adora o Pablo – seu gurique acaba de cumprir 5 anos, etraz no coração por seu manito a mesma ternura de quando o viu na encubadeira algumas décadas atrás. Fomos três durante um largo tempo até que devagarforam trazendo para suas vidas, dividindo comigo um núcleo gostoso de compartir esta magia que é viver. Sempre soube que seria desta maneira, que haveria momentos difíceis, complicados, difíceis de transpor mas juntos íamos nos dedicar a construir um mundo melhor. Fosse de que maneira fosse. An…

Entre dezembros e dezembros - 2013

Edu aqui ao lado, dá uma dicas a Vitória: ao fazer o checking  pegue o primeiro assento é para crianças  desacompanhandas. Vão buscar você no aeroporto. Estou em BV. Nicholas na natação, creio. Sua mãe já terminou o exame e tudo bem. Eu controlando aqui as matriculas dos alunos para 2014.  A mãe veio junto e brincamos horas de voo o game dos pássaros. Ganhamos diversas vezes 3 estrelas.
-Foi. Fiz um trato com ela vou comer angu e, ela não vai mais ficar com medo de avião mesmo que seja para pegar a mão sem querer do guapo ao lado – como canta Belchior – e, de passo conseguir um amor sobre as nuvens. Comecei a rir. Este filhos e netos são perigosos. O mundo inteiro acaba ciente de que sou namoradeira, que adoro um grande amor, mesmo que seja por algumas horas.Olho, este garoto de metros e tantoultrapassando há muito meus ombros, olhos azuis, cabeça raspada, esbanjando charme e dou um mergulho profundo naquele sorriso, nas bolinhas azuis que são seus olhos, pego devagarinho com medo lo…