Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

Abandono, incompetência ou terrorismo? Você decide.

Culpa ou não da TO Tecnologia Organizacional¨, na implosão do Edifício Liberdade, da Av. 13 de maio, ou botijões de gás explodindo na Lanchonete da Praça Tiradentes em 13/10/2011, estouros de bueiros em Copacabana no decorrer do ano passado, explosão no Cais do Porto com vitimas, incêndio na Perimetral esta manhã 02/02/2012, refletem a sequencia da sinistra administração pública dos governos da cidade do Rio de Janeiro. Cesar Maia deixou depois de 12 anos a cidade num caos. Ganhou fortunas em construções, deixou obras inacabadas, administrou mal muito mal. Os antecessores não foram diferentes. Eduardo Paes segue o mesmo caminho. Fala, fala, gesticula, dança samba, é simpático, veste o casaco Cesare, mas de fato e de direito não mobiliza a máquina pública para sanar os graves problemas desta cidade maravilhosa – em beleza natural, em charme, em sonho de consumo do Brasil e do mundo. È imprescindível o mais urgente possível exigir de seu secretariado uma avaliação séria do que lhe compe

Abandono, incompetência ou terrorismo? Você decide.

Culpa ou não da TO Tecnologia Organizacional¨, na implosão do Edifício Liberdade, da Av. 13 de maio, ou botijões de gás explodindo na Lanchonete da Praça Tiradentes em 13/10/2011, estouros de bueiros em Copacabana no decorrer do ano passado, explosão no Cais do Porto com vitimas, incêndio na Perimetral esta manhã 02/02/2012, refletem a sequencia da sinistra administração pública dos governos da cidade do Rio de Janeiro. Cesar Maia deixou depois de 12 anos a cidade num caos. Ganhou fortunas em construções, deixou obras inacabadas, administrou mal muito mal. Os antecessores não foram diferentes. Eduardo Paes segue o mesmo caminho. Fala, fala, gesticula, dança samba, é simpático, veste o casaco Cesare, mas de fato e de direito não mobiliza a máquina pública para sanar os graves problemas desta cidade maravilhosa – em beleza natural, em charme, em sonho de consumo do Brasil e do mundo. È imprescindível o mais urgente possível exigir de seu secretariado uma avaliação séria do que lhe co

De nossos principios não abrimos mão

Foto - Evanise Santos Cuba é linda em qualquer estação do ano. Seja com o vento norte armando seu cordel, seja sob o sol escaldante de agosto, seja numa tarde de janeiro fria, cinzenta, mar intranquilo. Sua beleza é realçada no riso de sua gente, na sonoridade do SON, nos versos do Silvio, na saudade do Nicola, nas pinturas do Choco, Raimundo, Paneca, no Creeme do Vicente, nas rimas de seus poetas, nas fotos do Ivan Socca, no orgulho de ter Comandantes vencedores de muitas batalhas, aliados a todos os itens anteriores, construindo o futuro. Cuba é mágica. Resume nossos sonhos sempre jovens, eternamente guerreiros. Da Sierra Maestra a Dilma Rousseff conseguimos mudar a cara da América. O sonho de liberdade deixou de ser um desbotado jeans para ser a unidade latino-americana. Cinquenta e tantos anos passaram e a ilha do Caribe com cheiro de felicidade e sabor a garapa tomou outro feitio. Invadidos, bloqueados, violados, espremidos entre os ataques covardes, cresceu em muitas direçõe

De nossos principios não abrimos mão

Foto - Evanise Santos Cuba é linda em qualquer estação do ano. Seja com o vento norte armando seu cordel, seja sob o sol escaldante de agosto, seja numa tarde de janeiro fria, cinzenta, mar intranquilo. Sua beleza é realçada no riso de sua gente, na sonoridade do SON, nos versos do Silvio, na saudade do Nicola, nas pinturas do Choco, Raimundo, Paneca, no Creeme do Vicente, nas rimas de seus poetas, nas fotos do Ivan Socca, no orgulho de ter Comandantes vencedores de muitas batalhas, aliados a todos os itens anteriores, construindo o futuro. Cuba é mágica. Resume nossos sonhos sempre jovens, eternamente guerreiros. Da Sierra Maestra a Dilma Rousseff conseguimos mudar a cara da América. O sonho de liberdade deixou de ser um desbotado jeans para ser a unidade latino-americana. Cinquenta e tantos anos passaram e a ilha do Caribe com cheiro de felicidade e sabor a garapa tomou outro feitio. Invadidos, bloqueados, violados, espremidos entre os ataques covardes, cresceu em muitas dir

Quem é Yoani Sanchez

A entrevista concedida ao jornalista francês Salim Lamranium é longa, mas indispensável para se ver a quantidade de contradições em que incorre a blogueira Yoani Sánchez, transformada em vedete da mídia comprometida com o combate sem tréguas ao regime cubano. Em meio à difamação da fanatizada e badalada blogueira, ela chega a reconhecer, ela mesma, que a mídia internacional manipula e mente nas entrevistas com ela, na sanha de atrair a opinião pública contra Fidel Castro e o governo da Ilha. Ferrenha opositora do regime cubano, a blogueira Yoani Sánchez concedeu uma entrevista ao jornalista francês Salim Lamranium, na qual cai em contradição diversas vezes. Especialista em assuntos relacionados à ilha, ele conseguiu colocá-la contra a parede e expor a fragilidade dos argumentos da cubana. Veja abaixo. Yoani Sánchez é a nova personalidade da oposição cubana. Desde a criação de seu blog, Generación Y, em 2007, obteve inúmeros prêmios internacionais: o prêmio de Jornalismo Ortega y Gasse

Quem é Yoani Sanchez

A entrevista concedida ao jornalista francês Salim Lamranium é longa, mas indispensável para se ver a quantidade de contradições em que incorre a blogueira Yoani Sánchez, transformada em vedete da mídia comprometida com o combate sem tréguas ao regime cubano. Em meio à difamação da fanatizada e badalada blogueira, ela chega a reconhecer, ela mesma, que a mídia internacional manipula e mente nas entrevistas com ela, na sanha de atrair a opinião pública contra Fidel Castro e o governo da Ilha. Ferrenha opositora do regime cubano, a blogueira Yoani Sánchez concedeu uma entrevista ao jornalista francês Salim Lamranium, na qual cai em contradição diversas vezes. Especialista em assuntos relacionados à ilha, ele conseguiu colocá-la contra a parede e expor a fragilidade dos argumentos da cubana. Veja abaixo. Yoani Sánchez é a nova personalidade da oposição cubana. Desde a criação de seu blog, Generación Y, em 2007, obteve inúmeros prêmios internacionais: o prêmio de Jornalismo Ortega y Gass