Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 4, 2015

Eternamente Comandante Che Guevara

Ita não veio trabalhar, impossível sair e deixar Marcello. A noite mal dormida, o dia chuvoso, aquela angústia queimando o peito. Que fazer? Passaria o dia entre avaliações da escola, brincaria com Marcello, leria alguns poemas que podiam diminuir aquele mal estar sem sentido aparente.

Após o almoço, liguei a televisão. Quem sabe um filme. Edu inquieto mexendo e remexem do na barriga já num adiantado sete meses quase prontinho para chegar. Marcello insistia em revolver os livros da estante, sua diversão predileta sempre que a porta da biblioteca se encontrava aberta.

De repente, um furacão invadiu à sala: Ernesto Guevara - Che, o guerrilheiro argentino foi capturado cerca de Higueras. – na Bolívia. Outra noticia sobre a prisão do rebelde em poucos minutos. - informou o repórter.

Inverossímil. Puras especulações. Nada disso poderia ser verdade. Nada. Absolutamente. Era mentira. Comecei a chorar.

Estampada na tela TV cabeça tombada para trás, olhos entreabertos como ol…

Eternamente Comandante Che Guevara

Ita não veio trabalhar, impossível sair e deixar Marcello. A noite mal dormida, o dia chuvoso, aquela angústia queimando o peito. Que fazer? Passaria o dia entre avaliações da escola, brincaria com Marcello, leria alguns poemas que podiam diminuir aquele mal estar sem sentido aparente.

Após o almoço, liguei a televisão. Quem sabe um filme. Edu inquieto mexendo e remexem do na barriga já num adiantado sete meses quase prontinho para chegar. Marcello insistia em revolver os livros da estante, sua diversão predileta sempre que a porta da biblioteca se encontrava aberta.

De repente, um furacão invadiu à sala: Ernesto Guevara - Che, o guerrilheiro argentino foi capturado cerca de Higueras. – na Bolívia. Outra noticia sobre a prisão do rebelde em poucos minutos. - informou o repórter.

Inverossímil. Puras especulações. Nada disso poderia ser verdade. Nada. Absolutamente. Era mentira. Comecei a chorar.

Estampada na tela TV cabeça tombada para trás, olhos entreabertos co…

DANIEL VIGLIETI RECEBE O PREMIO NOEL NICOLA EM LA CASA DE LAS AMERICAS

MUITO PRAZER! Así mismo recuerdo cuánto nos ayudó em aquella declaración de identidade com Brasil que hicimos em 1971,cantando la música de sus trovadores...} me recuerda Silvio Rodriguez em la portada de uno de mis libros. Ali, em uma das salas do ICAIC – Instituto cubano de cinema – entre guitarras, risos, acordes, fonética difícil entre o B e o V – complicado falar você argumentava Pablito repetida centenas de vezes, Entrelaçada entre canções de Chico, Gil, Vinicius conheci Viglietti. Anos difíceis. Anos de guerra, torturas, llantos, muchos sueños, parcas alegrias. Mas, aquele grupo de jovens saídos das trincheiras da Revolução Cubana formavam um elo de amor através de suas canções unindo o mundo. Atada a Sol maior, Lá menor , misturada nos acordes 3\4 passaram 40 anos. Jamais nos perdemos, nem nos sonhos, nem na guerra, muito menos na solidariedade e união. Poucos ficaram para trás. Alguns viraram saudade – como Nicola – o amor maior de todos os amores, outros se deixaram seduzir…

DANIEL VIGLIETI RECEBE O PREMIO NOEL NICOLA EM LA CASA DE LAS AMERICAS

MUITO PRAZER!
Así mismo recuerdo cuánto nos ayudó em aquella declaración de identidade com Brasil que hicimos em 1971,cantando la música de sus trovadores...} me recuerda Silvio Rodriguez em la portada de uno de mis libros. Ali, em uma das salas do ICAIC – Instituto cubano de cinema – entre guitarras, risos, acordes, fonética difícil entre o B e o V – complicado falar você argumentava Pablito repetida centenas de vezes, Entrelaçada entre canções de Chico, Gil, Vinicius conheci Viglietti. Anos difíceis. Anos de guerra, torturas, llantos, muchos sueños, parcas alegrias. Mas, aquele grupo de jovens saídos das trincheiras da Revolução Cubana formavam um elo de amor através de suas canções unindo o mundo. Atada a Sol maior, Lá menor , misturada nos acordes 3\4 passaram 40 anos. Jamais nos perdemos, nem nos sonhos, nem na guerra, muito menos na solidariedade e união. Poucos ficaram para trás. Alguns viraram saudade – como Nicola – o amor maior de todos os amores, outros se deixaram seduzir…