Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 28, 2011

O documentario segundo Silvio Tendler

O Centro Cultural de Justiça Federal, em convênio com a Iris Cinematográfica TV e a A.I.D.A. - Associação Internacional para o Desenvolvimento do Audiovisual promovem A mostra “O Documentário Segundo Sílvio Tendler”, composta por 06 filmes documentários de autoria do cineasta Sílvio Tendler, no período de 31 de Agosto a 04 de Setembro. Durante cinco dias serão exibidos filmes como: Utopia e Barbárie, Jango e Glauber, Labirinto do Brasil, Encontro com Milton Santos, Sílvio Tendler, um reconhecido cineasta brasileiro, é produtor, diretor e distribuidor de toda a sua obra, na mais fiel tradição do realizador independente. Costuma realizar filmes de forte impacto social, sempre que se debruça sobre um tema ou uma personalidade, cujo conteúdo possa transformar-se em matéria-prima para a reconstituição histórica e política do país. Programação: Exibição dos filmes Abertura: Dia 31/08 18:00 – Exibição do filme Glauber Labirinto do Brasil 20:00 às 21:30 - Talk Show com Sílvio Tendler –

O documentario segundo Silvio Tendler

O Centro Cultural de Justiça Federal, em convênio com a Iris Cinematográfica TV e a A.I.D.A. - Associação Internacional para o Desenvolvimento do Audiovisual promovem A mostra “O Documentário Segundo Sílvio Tendler”, composta por 06 filmes documentários de autoria do cineasta Sílvio Tendler, no período de 31 de Agosto a 04 de Setembro. Durante cinco dias serão exibidos filmes como: Utopia e Barbárie, Jango e Glauber, Labirinto do Brasil, Encontro com Milton Santos, Sílvio Tendler, um reconhecido cineasta brasileiro, é produtor, diretor e distribuidor de toda a sua obra, na mais fiel tradição do realizador independente. Costuma realizar filmes de forte impacto social, sempre que se debruça sobre um tema ou uma personalidade, cujo conteúdo possa transformar-se em matéria-prima para a reconstituição histórica e política do país. Programação: Exibição dos filmes Abertura: Dia 31/08 18:00 – Exibição do filme Glauber Labirinto do Brasil 20:00 às 21:30 - Talk Show com Sílvio Ten

Socrátes - Um homem especial

Folha: Por falar nisso, em toda essa impressionante onda de carinho que cercou você nesses dias, há também quem diga que de democrata você não tem nada porque deu o nome de Fidel a seu caçula. É mais uma de suas contradições? Sócrates: De fato, estou tirando muita coisa de positivo neste meu quase nascer de novo. Quanto ao Fidel Castro, símbolo da Revolução Cubana, como Che Guevara, as pessoas estão mal informadas. No nosso país se conhece muito pouco o que acontece fora daqui e mesmo aqui dentro. A estrutura política cubana é extremamente democrática. Eu queria que meu filho nascesse lá, eu queria ser um cubano. Nós estivemos lá agora, nós fomos passear! Peguei minha mulher e fui lá, passear, curtir lampejos de humanidade. Um povo como aquele, numa ilhota, que há mais de 60 anos briga contra um império, só pode ser muito forte, e ditadura alguma faz um povo tão forte. Ditadura não é tempo de serviço, necessariamente é qualidade de serviço. Em Cuba, o povo participa de tudo, em cada qu

Socrátes - Um homem especial

Folha: Por falar nisso, em toda essa impressionante onda de carinho que cercou você nesses dias, há também quem diga que de democrata você não tem nada porque deu o nome de Fidel a seu caçula. É mais uma de suas contradições? Sócrates: De fato, estou tirando muita coisa de positivo neste meu quase nascer de novo. Quanto ao Fidel Castro, símbolo da Revolução Cubana, como Che Guevara, as pessoas estão mal informadas. No nosso país se conhece muito pouco o que acontece fora daqui e mesmo aqui dentro. A estrutura política cubana é extremamente democrática. Eu queria que meu filho nascesse lá, eu queria ser um cubano. Nós estivemos lá agora, nós fomos passear! Peguei minha mulher e fui lá, passear, curtir lampejos de humanidade. Um povo como aquele, numa ilhota, que há mais de 60 anos briga contra um império, só pode ser muito forte, e ditadura alguma faz um povo tão forte. Ditadura não é tempo de serviço, necessariamente é qualidade de serviço. Em Cuba, o povo participa de tudo, em ca

Os últimos soldados da Guerra fria

Lançamento na Livraria da Travessa - Ultimo livro de Fernando de Moraes Título: OS ULTIMOS SOLDADOS DA GUERRA FRIA Autor: Fernando Morais Editora: COMPANHIA DAS LETRAS Organizações criminosas internacionais, aventuras mirabolantes, disfarces perfeitos, emissários secretos, conquistas amorosas: o novo livro de Fernando Morais traz todos os elementos de suspense de um romance de espionagem. Nesta edição do Prosa nas Livrarias, o autor Fernando Morais fala sobre o seu novo livro com José Casado (jornal O Globo). Mediação de Chico Otávio (jornal O Globo). Entrada gratuita. Local:Shopping Leblon Horário:19:00

Os últimos soldados da Guerra fria

Lançamento na Livraria da Travessa - Ultimo livro de Fernando de Moraes Título: OS ULTIMOS SOLDADOS DA GUERRA FRIA Autor: Fernando Morais Editora: COMPANHIA DAS LETRAS Organizações criminosas internacionais, aventuras mirabolantes, disfarces perfeitos, emissários secretos, conquistas amorosas: o novo livro de Fernando Morais traz todos os elementos de suspense de um romance de espionagem. Nesta edição do Prosa nas Livrarias, o autor Fernando Morais fala sobre o seu novo livro com José Casado (jornal O Globo). Mediação de Chico Otávio (jornal O Globo). Entrada gratuita. Local:Shopping Leblon Horário:19:00

Caminhos da Novela Hispanicaamericana e do Caribe

SEMINÁRIO Rutas de la novela hispanoamericana en el siglo XX 29, 30 e 31 de agosto de 2011 10:00-13:00 horas Faculdade de Letras, Sala 210-F Inscrição no primeiro dia do Seminário (sem taxas) Emissão de certificados para participantes Carga horária: 12 horas Ministrado em língua espanhola Prof. Dr. Rogelio Rodríguez Coronel Professor Titular de Literaturas Latino-americanas e do Caribe Universidad de La Habana. Cuba Organização: Profa. Dra. Elena Palmero González Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas Apoio: Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas. Departamento de Letras Neolatinas Faculdade de Letras. UFRJ

Caminhos da Novela Hispanicaamericana e do Caribe

SEMINÁRIO Rutas de la novela hispanoamericana en el siglo XX 29, 30 e 31 de agosto de 2011 10:00-13:00 horas Faculdade de Letras, Sala 210-F Inscrição no primeiro dia do Seminário (sem taxas) Emissão de certificados para participantes Carga horária: 12 horas Ministrado em língua espanhola Prof. Dr. Rogelio Rodríguez Coronel Professor Titular de Literaturas Latino-americanas e do Caribe Universidad de La Habana. Cuba Organização: Profa. Dra. Elena Palmero González Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas Apoio: Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas. Departamento de Letras Neolatinas Faculdade de Letras. UFRJ

Prece - Abel Silva

Dá-me coragem, Senhor que não habita meu peito mas cuja ausência, tão plena, quem sabe me daria alento? Dá-me coragem para merecer a poesia de cada dia, abra meus olhos sem paz, alumia e à minha fome dá sustento, e não sacia. Senhor, que eu não trema, que eu não hífen, que eu não tenha o alívio e o vício do covarde silêncio. Que eu enfrente, Senhor ausente e frio o desassossego da assombrada Estação do Estio, onde não passa o bonde, onde a palavra não encontra a melodia e restam embaralhados todos os trilhos travados nos desvios. Abel Silva

Prece - Abel Silva

Dá-me coragem, Senhor que não habita meu peito mas cuja ausência, tão plena, quem sabe me daria alento? Dá-me coragem para merecer a poesia de cada dia, abra meus olhos sem paz, alumia e à minha fome dá sustento, e não sacia. Senhor, que eu não trema, que eu não hífen, que eu não tenha o alívio e o vício do covarde silêncio. Que eu enfrente, Senhor ausente e frio o desassossego da assombrada Estação do Estio, onde não passa o bonde, onde a palavra não encontra a melodia e restam embaralhados todos os trilhos travados nos desvios. Abel Silva