Skip to main content

FIDEL CASTRO - EL COMPAÑERO INTRANABLE

-->












La noche se acercaba  angustiante, tibia, nostálgica.
Sentia una necesidad imensa de llamar a Cuba. Algo no andaba bien en mi corazón. Tenia un gorrión  inexplicable. Urgia oir una voz cubana. Eso me passa cuando la tristeza insiste en passear por mis artérias. 

-      El comadante Ramiro Valdez  salió para más una reunión me contestó la  compañera. No vuelve más hoy por aqui .
-      Tengo  gorrión , le dije.
-      Todo está bien por acá, chica.  Todo bien con ustedes? Pergunto.
-       Si, nada más esta necessidad de oirles.
Hablamos  un rato. Colgué el telefono sin tener apaziguado esta sensación de vacio. ni oir la  voz segura e tranquila, siempre de una ternura imensa, del Comandante Ramiro. Muchos años nos une desde aquele enero de 1970.
Esperaba por la Consul de São Paulo para una visita rápida. Llegaron  exaustos despues de un dia intenso de  trabajo en Rio.

Empezamos a hablar del Comadante en Jefe – nuestro Comadante en Jefe  - Fidel.
Reiamos de su fantástica cubania, de sus sueños que  vamos transformando en realidad. Del Año de la Alfabetización, del terremoto en Perú “ el como siempre el primer a dar el ejemplo”,  donando sangre  para las vitimas del gran terremoto que destruira  el país. Del sequestro de los pescadores en 1970 por los mercenários del império . De su  presencia  dirigindo un Jeep en muchas mañanas por la 5a. Avenida, orgullo de cuantos podian acenarle como la Tia – la brasileira – fascinada por su bravura.
De  su interés y  inversiones en la biotecnologia, en el médio ambiente. Hasta habia creado una página fantástica en la internet  Unaepecieenpeligro excelente para pesquisas e informaciones.
Del encuentro con los muchachos en el acampamento José Martí cuando juntos escogieron el dia de los niños.

Asi iba creando, haciendo, construyendo todos sus sueños de transformar su pátria  en una sociedad diferenciada de todas, aunque el bloqueo, e las vicissitudes que nos impõe la fuerza de la natureleza.

De Girón – 1a. Derrota del imperialismo en tierras cubanas. De Elián, de la Batalla de ideias, del gusto por la Nova Trova, de sus fantásticas pastas hechas en casa de Sara Gobzalez, regadas a  la voz  divina  de una revolucionaria  sin par.

De gran estadista  al hombre simples, jugueton, majadero entre otras virtudes y muy pocos defectos.
Descobríamos  en aquela noche cuanto él era importante para nosotros.

Los cubanos queridos se fueron a dormir, yo a la cama tambien.

Sueña el telefone, yo médio dormida contesto.
- Paulo Abrão! - Secretário Executivo da Comissão Interamericana de direitos humanos da OEA – nosso orgulho - a esta hora?
- Que aconteceu? Onde está?
- Você está acordada? Meio dormida?

Sua voz  estava embargada..
Passou algo?
Emocionado   dispara a noticia.

Estou em Nova York. Acabo de ver na na TV em primeira  mão; sua voz embargada anunciou: Fidel faleceu.
-      Como? Onde você viu isto, Paulo?
-      Estou vendo Raul Castro anunciar.
-      Desculpa, querida. Não queria ser eu nunca a dar esta noticia. Faleceu o grande líder da humanidade.
Desliguei o telefone aos prantos. Impossível conter a emoção.  Fidel nos parecia imortal.
Liguei para o hotel. Seguramente, estariam dormindo.
Qual o quê. A companheira querida atendeu aos prantos.
Nada a fazer. Levantamos. Buscamos passagens para Habana.

Millones de llamadas de periódicos, TV’s  ávidos de noticias. Más, como? Que passou? Que pasará de aqui para delante con la isla?
Nada. Apenas el dolor de la  perda.
Pero como?...

Al mediodia del 26 de noviembre de 2015, desembarcaba en Habana.
El silencio umedecido por las lágrimas, banhava la cuidad.
Fuimos direto a la Plaza de la Revolución a encontrar los compañeros del Ministério de Cultura.
        Hileras de cubanos cabisbaixo caminaban en      direción al Monumento de la Plaza para homenagear el passado, el presente y el futuro.

El legado del Comandante no se enquadra  en el concepto de que el futuro torna-se una ideia vieja. El colocó su pátria en el patamar donde los hombres se dan cuenta de que no es posible cambiar la história en profundidad. Pero si es  hacerla transformando el  cotidiano en extraordinário.

Fidel Castro – El Comandante de la esperanza de América Latina -, transcendió  las fronteras virtuales, los horizontes,  iradió  sus ideias  por todos los continentes.

Fidel Castro Ruz – el joven de Birán -  siempre  será el paradigma de nuestras metas de ser  más humanos.

Gracias Comandante!







Comments

Popular posts from this blog

SOU FELIZ, SOU MUITO FELIZ - OBRIGADA EDUARDO GUIMARÃES

Edu, sempre amou Fernando Pessoa.  Seu livro de cabeceira preferido. Nunca dorme sem um pequeno verso. Amo você garoto!.


O guardador de rebanhos Eu nunca guardei rebanhos,
Mas é como se os guardasse.
Minha alma é como um pastor,
Conhece o vento e o sol
E anda pela mão das Estações
A seguir e a olhar.
Toda a paz da Natureza sem gente
Vem sentar-se a meu lado.
Mas eu fico triste como um pôr de sol
Para a nossa imaginação,
Quando esfria no fundo da planície
E se sente a noite entrada
Como uma borboleta pela janela.
Mas a minha tristeza é sossego
Porque é natural e justa
E é o que deve estar na alma
Quando já pensa que existe
E as mãos colhem flores sem ela dar por isso.
Como um ruído de chocalhos
Para além da curva da estrada,
Os meus pensamentos são contentes.
Só tenho pena de saber que eles são contentes,
Porque, se o não soubesse,
Em vez de serem contentes e tristes,
Seriam alegres e contentes.
Pensar incomoda como andar à chuva
Quando o vento cresce e parece que chove mais.
Não tenh…

Do capim gordura a brachiaria II

Cheguei uma hora antes. Coisas de engenharia de transito. Sai na hora viável atrasa, se antes corre o risco de adiantar tanto como uma hora de antecedência, por exemplo. Assim foi. Evaldo sai da sala e depara comigo adiantadissssssssima. Um abraço feliz, perguntas sobre a família, esposa. O corriqueiro agradável.
- Aqui de volta. Faz um ano de toda aquela loucura. Hora de novos exames - brinquei
- Certo – argumentou tranqüilo. O calor está insuportável. Não chove, a plantação padece. O capim fica todo calcinado, o gado sofre.
- No interior também a seca está castigando dessa maneira?
- E, como? Sorte minha ter um caseiro boa gente, preocupado cuidadoso, que aprendeu a importância da terra, da preservação da água, do cuidado com o solo. Da necessidade de alternar o capim para fertilizar a terra. Errei algumas vezes, mas apostei na solidariedade.Mulher e sete filhos.
Tomei como meta três situações: preservar um pedaço da mata atlântica, dar educação aos sete filhos do casal, todos hoje…

A UM ESTRANHO - WALT WHITMAN

A um Estranho Estranho que passa! você não sabe com quanta saudade eu lhe olho,
Você deve ser aquele a quem procuro, ou aquela a quem procuro, (isso me vem, como em um sonho,)
Vivi com certeza uma vida alegre com você em algum lugar,
Tudo é relembrado neste relance, fluído, afeiçoado, casto, maduro,
Você cresceu comigo, foi um menino comigo, ou uma menina comigo,
Eu comi com você e dormi com você – seu corpo se tornou não apenas seu, nem deixou o meu corpo somente meu,
Você me deu o prazer de seus olhos, rosto, carne, enquanto passamos – você tomou de minha barba, peito, mãos, em retorno,
Eu não devo falar com você – devo pensar em você quando sentar-me sozinho, ou acordar sozinho à noite,
Eu devo esperar – não duvido que lhe reencontrarei,
Eu devo garantir que não irei lhe perder.